Casa de Xisto do Piodão


Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
ONLINE
1





A Região


Consulte o tempo em:

 

http://www.mapav.com/coimbra/arganil/piodao/

 ou

http://www.tempo.pt/piodao.htm


Piódão


O Piódão fica situado numa encosta da Serra do Açor (paisagem protegida desde 1982) e é uma das doze Aldeias Históricas de Portugal, classificado como Imóvel de Interesse Público desde 1978. É uma das 18 freguesias do concelho de Arganil, distrito de Coimbra tem 36,36 km2 de área e 224 habitantes (2001) e conta com 12 aldeias na sua jurisdição:  Piódão, Malhada Chã, Chãs d'Égua, Tojo, Fórnea, Foz d`Égua, Barreiros, Covita, Torno, Casal Cimeiro e Casal Fundeiro.

 É uma aldeia com um traçado e uma disposição típica de um povoamento concentrado de montanha. Está implantada a meia encosta, em anfiteatro, exposta a Sul.O aspecto que a luz artificial lhe confere, durante a noite, conjugado pela disposição das casas fez com que recebesse a denominação de “Aldeia Presépio”.

Os materiais de construção são aqueles que a terra oferece, o xisto, a madeira e o barro. As habitações possuem as tradicionais paredes de xisto, tecto coberto com lages e portas e janelas pintadas de azul. O contraste entre o negro das casas de xisto e o branco da sua Igreja Matriz é uma das características mais marcantes da aldeia. O azul que pinta as portas e janelas é um dos mistérios ainda por resolver. Ninguém sabe ao certo a razão, mas a explicação mais conhecida prende-se com o isolamento da aldeia, e o facto da loja local só ter esta cor de tinta. A arquitectura das casas está também muito relacionado com o forte declive da povoação. 

Têm, regra geral, três pisos: o térreo para os animais, o médio para as pessoas, e o superior, amplo, para os produtos da agricultura (milho, batatas, feijão …). De tudo isto resulta uma grande unidade arquitectónica, um todo harmonioso que se forjou ao longo de séculos pela intervenção do homem na paisagem.

Os habitantes dedicaram-se, sobretudo, à agricultura (milho, feijão, batata, vinha, castanha, medronho), à criação de gado (ovino e caprino) e à apicultura.
A flora é em grande parte constituída por castanheiros, oliveiras, pinheiros, urzes e giestas. A fauna compõe-se, sobretudo, de coelhos, lebres, javalis, raposas, doninhas, fuinhas, águias, açores, corvos, gaios, perdizes e pequenos roedores.
Actualmente, a desertificação das zonas do interior, afecta praticamente todas as povoações desta freguesia. As populações mais jovens emigraram para o estrangeiro ou para as zonas litorais à procura de melhores condições de vida, regressam ás suas origens, sobretudo, durante as épocas festivas para reviver o passado e se reencontrarem com os seus congéneres.

Quem visita o Piódão, deve preparar-se para um agradável passeio… a pé. Não há circulação automóvel dentro da aldeia. As estradas são estreitas e acidentadas, feitas em xisto como as paredes exteriores das casas.

Já agora, fica a saber, que as frequentes cruzes na ombreira das portas são “protecções” contra as trovoadas, numa invocação a Sta Bárbara. E porque um bom passeio a pé costuma abrir o apetite, os petiscos do Piódão são irrecusáveis. Desde o cabrito assado, à chanfana, preparados no forno de lenha tradicional, passando pela tigelada e pelo pão de ló, em qualquer um dos três restaurantes/cafés da aldeia. E porque a visita ao Piódão está a chegar ao fim, fazemos-lhe uma sugestão… leve para casa uma das tradicionais aguardentes de medronho, ou um pote de mel de flores silvestres.

 

Classificação da Aldeia
Aldeia Histórica, classificada como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto Lei nº 95/78 de 12 de Setembro - muito contribuiu para esta classificação o mérito do arquitecto Eugénio Correia, um apaixonado pela beleza do Piódão. É uma das 18 freguesias do Concelho de Arganil e conta com 12 aldeias na sua jurisdição.

Proteção Legal
A Paisagem Protegida da Serra do Açor, passou a ser objecto de proteção pública a partir de 1982 pelo decreto lei 67/82 de 3 de Março.

Locais de Interesse:

- Museu

- Igreja Matriz

- Praia Fluvial do Piodão

- Eira

- Capela de São Pedro

- Capela das Almas

- Fonte dos Algares

- Capela de Nª Srª do Bom Parto

- Queijaria da Associação de Compartes do Piodão

- Centro de arte rupestre (Chãs d'Égua)

- Praia Fluvial de Foz D'Égua



Festividades:
- Festa de São Pedro (em Abril)
- Festa do Sagrado Coração de Jesus (em Agosto)

Lazer:
- Passeios de Bicicleta
- Passeios a Pé
- Pesca
- Rota das Aldeias Históricas
- Visitas Guiadas
- Todo o Terreno